O que comer no frio para se manter saudável? 8 dicas!

O clima frio mais do que acaba com a nossa vontade de fazer exercícios. Nosso corpo também experimenta mudanças nos níveis de energia, na taxa metabólica e, até mesmo, nas preferências alimentares.

Se você reage ao frio intenso pulando o seu treino diário, faltando à academia e se convencendo de que merece um belo lanchinho bem calórico para se aquecer e compensar a sensação de desconforto que o frio nos causa, saiba que você não está sozinha.

Mas Cajulover que é Cajulover sabe que a constância é essencial, né? É possível manter uma boa alimentação no inverno com opções saudáveis, nutritivas e com muito sabor. Vem com a gente saber mais!

Afinal, o que comer no inverno para se manter saudável?

Antes de listar as opções para adicionar na sua dieta, a verdade seja dita: nenhum clima deve justificar hábitos alimentares pouco saudáveis. Assim como você não deve exagerar no sorvete durante os dias quentes do verão, também não é indicado sempre ceder a tentação de aproveitar um chocolate quente com biscoitos amanteigados durante os dias mais frios do inverno.

Uma boa alimentação deve sempre partir da nossa mentalidade. Devemos saber escolher opções saudáveis. Então, para te ajudar, confira as opções:

1. Vegetais tubérculos

Alguns tipos de vegetais podem ser mais difíceis de se encontrar quando o clima frio chega, mas vegetais de raiz ou tubérculos, como beterraba, cenoura, batata-doce e nabo, podem suportar bem as baixas temperaturas, assim, os agricultores locais conseguem fornecer produtos frescos – e você pode colher os benefícios.

beterrabas e cenouras

Beterraba, cenoura, batata-doce e o nabo são ricos em vitaminas C e A, além de conterem ferro e o betacaroteno, que são fundamentais para manter a imunidade lá no alto durante o inverno.

2. Alimentos ricos em vitamina D

Os alimentos ricos em vitamina D são fundamentais para equilibrar o organismo durante os meses de inverno, já que nesse período do ano costumamos pegar ainda menos sol.

Então, para obter a vitamina D por meio da alimentação, você pode incluir na sua dieta: bife de fígado, gema de ovo, sardinha, salmão selvagem, queijos e cogumelos (shimeji e shitake).

sardinhas na bandeja com sal em cima e limao

As pessoas que comem mais desregradas durante o inverno costumam apresentar níveis mais baixos de vitamina D, o que também pode contribuir para sintomas de ansiedade e depressão.

3. Aveia é uma excelente opção

A aveia é muito mais do que apenas um alimento para complementar o café da manhã, uma vez que ela fornece nutrientes que são essenciais durante o inverno. Ela é rica em zinco (importante para a função imunológica adequada) e é considerada uma fibra solúvel (que faz bem para a saúde do coração).

Além disso, a aveia é essencial para manter os níveis de colesterol dentro da normalidade, já que ela funciona como uma “esponja natural” dentro do organismo, ajudando a eliminar as gorduras ruins que podem entupir as veias.

aveia em flocos e colher em cima

A aveia pode ser beneficiada quando cominada com especiarias termogênicas, como canela e noz-moscada, sem o acréscimo de calorias. Então, para comer saudável, adicione aveia aos seus pratos principais e também nos lanches da manhã e da tarde, afinal, ela combina tanto com pratos doces quanto salgados.

4. Sopas: quentinhas, saudáveis e deliciosas

A sopa é a comida perfeita do inverno – afinal, ela entrega sabor, textura e aquece o corpo de forma que nenhum outro prato é capaz de aquecer.

Procure receitas de sopas que levem galinha, carne vermelha como proteína e que incluam muitos vegetais e você terá um prato super nutritivo. Você também pode adicionar feijões ou lentilhas à sua sopa para aumentar a quantidade de proteínas e fibras para sua dieta.

sopa com legumes visto de cima

As proteínas e fibras reduzem o apetite durante o dia e ajudam a controlar o açúcar no sangue, o que pode ajudar a você não ter vontade de comer toda hora durante os dias mais frios.

5. Snacks saudáveis para aquela fome no meio do dia

Impulsos por alimentos mais calóricos no meio do dia são bem comuns nesta época do ano. Contudo, tente evitar pegar aqueles snacks processados, açucarados e gordurosos, que podem prejudicar sua dieta ao longo do inverno.

varios graos juntos de noz, castanha, passas e mais

Em vez disso, recomenda-se procurar por opções mais naturais e saudáveis, como nozes, chips de batata-doce, mix de castanhas, biscoito de arroz, grão-de-bico torrado e barrinhas de cereais sem açúcar e cobertura de chocolate.

6. Frutas e verduras para reforço imunológico

O que você come pode afetar não apenas seu humor e sono, mas também seu sistema imunológico. Uma das melhores coisas que você pode fazer para ajudar seu sistema imunológico e seu humor é adicionar alimentos ricos em vitamina C no seu cardápio diário.

kiwis cortados

Os principais alimentos são frutas cítricas, como laranja, manga, limão, kiwi e morango, mas você também encontra vitamina C nas folhas verdes, como brócolis e couve.

7. Lanchinho de atum

Uma alternativa saudável às comidas típicas de inverno – muitas vezes, carregadas de gordura e açúcar! Experimente pãezinhos forrados com atum ou patê de atum.

foto de lanche de atum

O atum, além de ser uma boa fonte de vitamina D, também contém cálcio, que é fundamental para os ossos Ah! Mas lembre-se de dar preferência para os pães integrais, sem gordura e açúcar!

8. Brócolis e couve-flor

Esses vegetais podem ser sua principal defesa contra as doenças do inverno. Isso porque o brócolis e couve-flor são ricos em vitamina C, que está associada a uma função imunológica aprimorada.

Se você não conseguir encontrar versões frescas, não se preocupe – brócolis e couve-flor congelados são igualmente nutritivos. Então, que tal refogar esses vegetais e saboreá-los com arroz integral e uma carne magra grelhada para seu almoço ou jantar?!

varios pedaços de brocolis e couve flor em uma bacia redonda

Todos esses alimentos que trouxemos aqui não são apenas opções saudáveis, mas também são muito saborosas, basta que você adicione temperos e use sua criatividade para as melhores receitas!

As escolhas alimentares são muito importante em um estilo de vida saudável, por isso, se você está se sentindo sobrecarregada com a revisão da sua dieta, dê um passo de cada vez e substitua um lanche de cada vez. E lembre-se, as estações mudam, mas a sua saúde deve ser preservada em todas elas, okay? Até a próxima!

Aproveite e leia também:

Deixe um comentário